ELIANA "CASA CHEIA E SEMPRE RINDO" TÁ NUM LUGAR LEGAL.

Mário Kertész lembra importância de Eliana Kertész: 'Exemplo que nos guia'


Mário Kertész lembra importância de Eliana Kertész: 'Exemplo que nos guia'
Foto: Tácio Moreira/Metropress

M




















Mário Kertész fez um discurso neste domingo (26) durante a cerimônia de cremação da artista plástica e ex-vereadora Eliana Kertész no cemitério Jardim da Saudade. Donos de uma amizade que começou há 54 anos, eles se casaram em 1971 e tiveram os filhos Marcelo, Maria Eduarda, Mariana e Francisco. Durante o pronunciamento, MK pediu que os amigos e familiares nunca deixassem de lembrar da alegria, da força e da capacidade de viver e ser solidária de Eliana Kertész.
"Foi amiga e companheira. Fizemos muitas coisas na vida, e eu me orgulho de conhecer ela há 54 anos, quando juntos fomos fazer vestibular de administração. Nos formamos juntos, fomos trabalhar juntos. Nos apaixonamos, nos casamos, tivemos quatro filhos e ela, além disso, abraçou meu filho mais velho, o Sérgio, que está aqui, como se fosse um filho. Viajávamos os sete juntos por esse mundo afora. Nos divertíamos e ela sempre foi um baluarte na minha vida", disse Mário Kertész.
Ele também lembrou que, mesmo com o fim do casamento, o casal nunca deixou de nutrir uma amizade entre os dois. "Chegou um momento em que nosso casamento não deu. Mas hora nenhuma nós nos afastamos e nem nos deixamos de ser amigos. Nunca ninguém ouviu da minha boca uma palavra amarga sobre Eliana, nem dela sobre mim. Sempre nos respeitamos e estivemos juntos nos momentos mais difíceis, nas minhas operações e doenças. E eu procurei estar agora ao lado dela", afirmou. 
MK também falou sobre o fato dela gostar de reunir amigos e familiares para celebrar momentos bons entre as pessoas que ela gostava. "Tenho por ela uma enorme gratidão. E fico triste de estarmos aqui agora, mas alegre de ver tanta gente, tantas pessoas. 
E isso é bem a cara de Eliana. Casa cheia, sempre rindo. Sempre com uma conversa e sempre animada. Claro que tinha lá seus momento de mau-humor, quem que não tem, né? Mas eu quero dizer e deixar esse testemunho, do fundo do meu coração. 
Nós, os cinco filhos que aqui estamos, e mais os oito netos, noras e genros, estaremos sempre nos lembrando de Eliana, usando o exemplo dela para nos guiar pelas ruas e pela sombra. A gente sabe que a vida é passageira, mas quando uma pessoa querida vai, a gente sempre sofre muito
Meus filhos estão sofrendo, meus netos sofrendo, eu estou sofrendo, as irmãs dela e todos vocês que aqui estão. 
Mas eu quero, mais uma vez, que a gente lembre de Eliana como ela foi. Porque se há uma passagem que acontece nesse momento, que a dela seja iluminada como ela merece. É isso", 
Mario Kérstez.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PAULA MAGALHÃES, FILHA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES, DONA DE 33% DA REDE BAHIA, É A DONA DA AXXO

"VOCÊ FAZ FAXINA?" "NÃO, FAÇO MESTRADO. SOU PROFESSORA"

ELIKA TAKIMOTO: COTAS, ESCOLA PÚBLICA. A REALIDADE É DURA MAS MUTÁVEL.