DÁ PRA CHAMAR ISTO DE PARLAMENTO?

Cunha faz o que quer com o lixo parlamentar do Brasil


Enquanto suas excelências, os ministros do stf (tudo assim, em minúsculas mesmo) repousam suas togas sobre o pedido de afastamento de Eduardo Cunha, ele segue aproveitando seu reinado.
Como de outras vezes, mesmo quando acontece a “raridade” de ele perder uma votação, a solução é simples: vota-se de novo e ele ganha.
Foi assim, ontem, na criação da Comissão de “Bela, Recatada e  Do lar”, digo, da Comissão das Mulheres na Câmara dos Deputados.
Qual é a ideia dos “meninos do Cunha”? Fazer uma comissão, aproveitando sua maioria, bem conservadora, onde todo assunto que possa ter relação com as mulheres morra logo de saída, evitando que alguma “travessura” possa ser aprovada em outras comissões.
A sessão teve direito a pérolas como a do tal deputado Flavinho (quem quiser conhecer sua atividade parlamentar veja sua atuação dentro da Câmara) que reagiu à insuspeita de esquerdismo Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson, que reclamou da “igrejização” do parlamento:
— As entidades religiosas são as que mais apoiam idosos, mulheres, aidéticos. As mulheres de verdade, que estão lá fora, não querem empoderamento. Querem é ser amadas.
Acho que vou ser forçado a usar toda hora, como um bordão, a frase do Eduardo Cunha: que Deus tenha misericórdia desta nação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PAULA MAGALHÃES, FILHA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES, DONA DE 33% DA REDE BAHIA, É A DONA DA AXXO

"VOCÊ FAZ FAXINA?" "NÃO, FAÇO MESTRADO. SOU PROFESSORA"

ELIKA TAKIMOTO: COTAS, ESCOLA PÚBLICA. A REALIDADE É DURA MAS MUTÁVEL.