AXÉ PARA A UNEGRO!

OGUM ATÍ Ô NAM, PARA FALAR PARA MILHÕES DE NEGROS  DISCRIMINADOS.

Paraná. (como foi longe....)

No último dia 14 a UNEGRO - UNIÃO DE NEGROS PELA IGUALDADE, fez 27 anos.
27 anos de luta para que o homem seja reconhecido enquanto tal, pelas suas atitudes diante da vida e não pela cor da sua pele.

PRIMEIRO PRESIDENTE DA ENTIDADE
Tenho orgulho de ter sido o primeiro presidente da entidade, com o desafio muito grande de transformar a luta contra o racismo em luta grande de massas e não de gueto. e luta pra se travar hoje e não nu futuro distante da conquista do socialismo.

Falar com o negro concreto, negro maioria dos bairros pobres, negro maioria da cidade, que sofre até hoje, no racismo existente na consciência coletiva da sociedade que faz com que medicas negras ouçam nos hospitais os pedidos para que: "minha filha, chame o medico, por favor". Que sofre nos espaços públicos, nos ambientes de trabalho, nos postos de comando do país, com boas e positivas mudanças conquistadas pelas lutas de entidades como a UNEGRO, junto aos governos de esquerda que dirigem o país a partir do ano 2002 com  vitoria de Lula.

FOI IMPORTANTE FIRMAR A COMPREENSÃO DE QUE O NEGRO QUER SEU ESPAÇO É AGORA.
política de cotas em universidades, locais de trabalho, candidatos em partidos, ampla politica dos governos federais pós Lula, de ENEM, etc, impulsionam a colocação do negro como agente e consumidor e conquistador de parte da riqueza que produz no país.
O negro concreto hoje, nos bairros, luta para entrar nas faculdades, concluir seus cursos universitários, num ambiente onde fazer curso universitário, diferente da época da fundação, hoje é um senso comum.

A UNEGRO, que hoje está em mais de 20 estados, faz encontro nacional periódico, é uma referencia nacional e estadual de seriedade e competência, nos dá orgulho à todos. Sempre ousamos. nunca nos deixamos nos levar para o gueto negro, como se fossemos africanos, ou como se estivéssemos sendo "exterminados" pela bala. Sempre acreditamos, com orgulho, na nossa descendência africana, porem nos considerando como brasileiros. Sempre vimos a discriminação da sociedade, da policia por exemplo, onde o negro é sempre suspeito a principio, mas nunca achamos que "estávamos sendo exterminados nos bairros" porque sempre achamos que a maioria dos negros não estava seguindo o caminho das drogas, da violência e do banditismo, ação de uma minoria que nunca tiveram a simpatia da maioria dos bairros.
Enfim,  tantos anos depois, orgulho, orgulho e orgulho dos que construíram este patrimônio do povo brasileiro. 

Nomes tem em profusão.Quanto orgulho temos e como nos representa a todos uma mulher bela na sua atuaação como Olivia Santana!
por fim, quero deixar um beijo no coração da turma que fundou esta bomba atômica, pena que a memoria não me deixa mais botar todos os nomes, mas, nos comentários vocês podem completar.

NIVALDINO FELIX, LEO ORNELAS, VALDIR ESTRELA, TEREZA ESPIRITO SANTO, OLIVIA, CLARICE, LETICIA, MANOEL, (não me xingue não, mas aquela menina do Nordeste junto com Clarice) enfim, dezenas de negros legais.

Antonio do Carmo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PAULA MAGALHÃES, FILHA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES, DONA DE 33% DA REDE BAHIA, É A DONA DA AXXO

"VOCÊ FAZ FAXINA?" "NÃO, FAÇO MESTRADO. SOU PROFESSORA"

ELIKA TAKIMOTO: COTAS, ESCOLA PÚBLICA. A REALIDADE É DURA MAS MUTÁVEL.