METRÔ DA PARALELA TEM CONSPIRAÇÃO EM ANDAMENTO

AUTORES? TODO MUNDO SABE, O ACM (O NETO EXPERTO) SETEPES E AS CONSTRUTORAS, JÁ DEFINIDAS,  DO BRT.

Quem manda na cidade.


Saiu hoje uma notinha, (com cara de inocente...) no Bahia Notícias, dizendo que "A Câmara não tem prioridade para discutir o Metrô", faz duas entrevistas, situação e oposição, e joga a malandragem principal, introduzindo a arrancada dos contras , nos próximos dias:
"PROJETO DE METRÔ DA PARALELA QUE VAI TRAZER SÉRIAS MUDANÇAS NO VISUAL DA CIDADE".

Pronto. Esta é a nova fase que se inicia, com a demora da SUCOM em liberar o alvará de construção do trecho da Paralela, onde irão bortar em discussão um assunto encerrado, já na fase de construção.

O ACM ( o Neto experto...) NÃO QUER METRO NA CIDADE.
Isso já é um assunto discutido com os empresários de ônibus. Ambos estão surpresos com a rapidez do Governador Rui Costa que exige das contratadas agilidade, celeridade na construção, com várias frentes de trabalho. É só olhar o trecho que vai até o Salvador Shopping como está cheio de empregos, obras andando em velocidade alta, assustando os donos da cidade.
Antonio do Carmo

Comentários

  1. Agora me diga....e o BRTrambalho,o tal Lapa/Iguatemi,o mais caro do Brasil a um custo de R$100 milhões por Km,preço total estimado em R$900 milhões com apenas 9 estações e 8,7km de extensão sem o material rodante e sem lava-jato.....Com a destruição total do canteiro central do Av. Juraci Magalhães Jr um dos mais verdes e mais arborizados da cidade e o que é isso senão uma obra QUE VAI TRAZER SÉRIAS MUDANÇAS NÃO SÓ NO VISUAL DA CIDADE,mais também gravíssimos impactos ambientais e urbanísticos,como impermeabilização do solo favorecendo alagamentos nos dias de chuva,aumento da temperatura ambiente local,alem do excesso de viadutos elevados,tamponamento do córrego local e estações em nível elevado para os ônibus,tudo isso para agraciar o oligopólio do transporte sobre pneus além de um projeto com vários erros e uma possível pretensão de sobrepor a linha 2 do Metro nessa mesma ligação,Lapa/Iguatemi.

    Eis aqui algumas comparações com custos de outros sistemas de VLT e de BRT ja construídos e em implantação no Brasil:

    1) BRT Goiania
    O corredor de ônibus terá 21,8 quilômetros de extensão, passando por 148 bairros da capital e de Aparecida de Goiânia, cidade vizinha. Serão beneficiados 120 mil usuários por dia, informou a prefeitura. Em horários de maior movimento, a capacidade de transporte será 15 mil passageiros.
    Serão gastos R$ 340 milhões na implantação do BRT – R$ 210 milhões do governo federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento Mobilidade Urbana e R$ 130 milhões recursos municipais.
    Preço por Km construído = R$15,6 milhões

    2)VLT de Cuiabá
    O VLT de Cuiabá com 25 km,duas linhas 36 estações,40 composições de trens,obras estruturantes,rede elétrica,etc,e com denuncias de suposto “superfaturamento” esta custando em torno de
    "R$67 milhões por km construído"

    3) BRT de Recife 1
    O Corredor de BRT Norte-Sul de Recife com 33 km,31 estações,com investimentos de R$180 milhões
    Preço por Km construído = R$5,8 milhões

    4)BRT de Recife 2
    O Corredor Leste-Oeste possui 12 km de extensão com um investimento total previsto de R$ 99 milhões, sendo R$ 11 milhões direcionados para a construção dos terminais. Esse sistema permite o deslocamento entre as regiões leste e centro da Região Metropolitana de Recife (RMR).
    Preço por Km construído = R$8,25 milhões

    Algo esta errado no reino da Babilônia.......

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

"VOCÊ FAZ FAXINA?" "NÃO, FAÇO MESTRADO. SOU PROFESSORA"

PAULA MAGALHÃES, FILHA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES, DONA DE 33% DA REDE BAHIA, É A DONA DA AXXO

ELIKA TAKIMOTO: COTAS, ESCOLA PÚBLICA. A REALIDADE É DURA MAS MUTÁVEL.