ACM NETO IMPLANTA O APARTHEID EM SALVADOR.

SEGREGOU A CIDADE. BARRA NÃO É PRA PERIFERIA. (e o Rio Vermelho também não vai ser...)


O prefeito está pondo em prática na cidade, uma política de segregação racial e social, visível aos olhos (e as faltas de ônibus) com medidas que separam a cidade dos negros e pobres da cidade dos brancos, ricos e turistas.

RÉVEILLON DOS POBRES E O DA CLASSE MEDIA E DOS RICOS.
ACM, em perfeita “sintonia” com os empresários de ônibus (e o silencio da Câmara...), fez um conjunto de festas, com artistas populares, na Praça Cairu e Tubarão no Subúrbio, retendo aí o povo da periferia, ao tempo em que fez outra programação na Barra, com Orquestras, etc, para os moradores da área nobre e os turistas endinheirados.

ÔNIBUS NÃO SAI MAIS DA PERIFERIA PARA A BARRA
No dia do  Réveillon propriamente dito, as 21:00, não passava um ônibus da periferia para a Barra. Além disso, no dia a dia, várias linhas antigamente existentes ligando a periferia à Barra, foram cortadas pela prefeitura.

NA BARRA VAI SAIR COMERCIANTES DE CONSUMO MISTO PARA ENTRAR OS COMERCIANTES DO ALTO LUXO. ESSE É O PROJETO

De quem tem interesse na cidade nos restaurantes para a classe A, estacionamentos pagos e shows de alto retorno financeiro. (QUEM É?)
Os comerciantes atuais já sentem o baque das novas medidas e já estão se queixando  com medo da falência programada.
Até quando?

Antonio do Carmo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"VOCÊ FAZ FAXINA?" "NÃO, FAÇO MESTRADO. SOU PROFESSORA"

PAULA MAGALHÃES, FILHA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES, DONA DE 33% DA REDE BAHIA, É A DONA DA AXXO

ELIKA TAKIMOTO: COTAS, ESCOLA PÚBLICA. A REALIDADE É DURA MAS MUTÁVEL.