ACM NETO IMPLANTA O APARTHEID EM SALVADOR.

SEGREGOU A CIDADE. BARRA NÃO É PRA PERIFERIA. (e o Rio Vermelho também não vai ser...)


O prefeito está pondo em prática na cidade, uma política de segregação racial e social, visível aos olhos (e as faltas de ônibus) com medidas que separam a cidade dos negros e pobres da cidade dos brancos, ricos e turistas.

RÉVEILLON DOS POBRES E O DA CLASSE MEDIA E DOS RICOS.
ACM, em perfeita “sintonia” com os empresários de ônibus (e o silencio da Câmara...), fez um conjunto de festas, com artistas populares, na Praça Cairu e Tubarão no Subúrbio, retendo aí o povo da periferia, ao tempo em que fez outra programação na Barra, com Orquestras, etc, para os moradores da área nobre e os turistas endinheirados.

ÔNIBUS NÃO SAI MAIS DA PERIFERIA PARA A BARRA
No dia do  Réveillon propriamente dito, as 21:00, não passava um ônibus da periferia para a Barra. Além disso, no dia a dia, várias linhas antigamente existentes ligando a periferia à Barra, foram cortadas pela prefeitura.

NA BARRA VAI SAIR COMERCIANTES DE CONSUMO MISTO PARA ENTRAR OS COMERCIANTES DO ALTO LUXO. ESSE É O PROJETO

De quem tem interesse na cidade nos restaurantes para a classe A, estacionamentos pagos e shows de alto retorno financeiro. (QUEM É?)
Os comerciantes atuais já sentem o baque das novas medidas e já estão se queixando  com medo da falência programada.
Até quando?

Antonio do Carmo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PAULA MAGALHÃES, FILHA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES, DONA DE 33% DA REDE BAHIA, É A DONA DA AXXO

"VOCÊ FAZ FAXINA?" "NÃO, FAÇO MESTRADO. SOU PROFESSORA"

ELIKA TAKIMOTO: COTAS, ESCOLA PÚBLICA. A REALIDADE É DURA MAS MUTÁVEL.