RUI COSTA VAI BOTAR NOS EIXOS A "MÍDIA TÉCNICA"? .

MÍDIA TÉCNICA”BRIGA COM A LIBERDADE DE EXPRESSÃO, BRIGA COM A ESSÊNCIA DOS GOVERNOS DE ESQUERDA


RUI COSTA VAI AVANÇAR NOS PASSOS DE WAGNER?


A questão da distribuição de verbas publicitárias entre os veículos de comunicação, vem provocando uma discussão entre os setores progressistas da sociedade.
Hoje, as verbas publicitárias dos governos federal e estadual, são distribuídas com base nos critérios da chamada “Mídia Técnica”, que privilegia a audiência dos  veículos.
O termo e a concepção foram construídos inicialmente por uma agencia de propaganda, na época da ditadura, que preparava o lançamento de um carro nacional. Posteriormente, no governo Lula, a concepção foi oficializada pelo decreto 6555/2008 regulamentado por instrução normativa da Secom/Presidencia nº 02 de 16 de dezembro de 2009.
A partir daí, foi intensificada, com “justificativas”, a brutal concentração de renda em mãos de veículos da grande imprensa, em particular da Rede Globo, tendo recebido bilhões ao longo dos nossos governos.
Os estados adotaram o procedimento e, aqui na Bahia, o processo é o mesmo, com, a Rede Bahia aumentando , cada vez mais sua riqueza.
É verdade que os governos Wagner esboçaram uma ampliação da distribuição dessas verbas, em relação ao que era praticado. Hoje existe um aumento no numero de rádios, sites e jornais, que recebem recursos.
Mas nada expressivo, nada fruto de uma política necessária, que consiga enxergar além de levar a mensagem do governo para um grande numero de pessoas e leve em conta o seu compromisso, de estado, com a democracia, com a promoção das mais amplas liberdades de expressão, cumprindo as normas constitucionais.
20% DA VERBA PUBLICITÁRIA PARA PEQUENAS EMPRESAS.
Cabe a Rui Costa, dar o salto de qualidade na comunicação da Bahia, DEFININDO UMA COTA DE 20% DA PUBLICIDADE OFICIAL DO GOVERNO PARA EMISSORAS DE RADIO DIFUSÃO COMUNITÁRIA, RADIO DIFUSÃO EDUCATIVA, VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO CARACTERIZADOS COMO MICROEMPRESA, PEQUENO E MÉDIO PORTE, OU EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA.
O envio de um Projeto de Lei para a Assembléia Legislativa da Bahia marcaria logo no inicio do governo, mais um avanço democrático.
Tal medida, aliada à uma política de incentivo à criação e fortalecimentos de veículos  por toda a Bahia, contemplando um vasto movimento informativo, já existente, em todas as regiões, vai significar a democratização ampla de mais um setor, nos diferenciando, mais uma vez, dos governos carlistas e suas práticas desvinculados da população.
O incentivo a produção áudio visual baiana, e a uma revolução na programação dos canais das televisões menores, também é importante medida a ser discutida.

Antonio do Carmo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PAULA MAGALHÃES, FILHA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES, DONA DE 33% DA REDE BAHIA, É A DONA DA AXXO

"VOCÊ FAZ FAXINA?" "NÃO, FAÇO MESTRADO. SOU PROFESSORA"

ELIKA TAKIMOTO: COTAS, ESCOLA PÚBLICA. A REALIDADE É DURA MAS MUTÁVEL.